Buscar
  • Carla Mariane F. Ferreira

O que é drenagem linfática manual?


A drenagem linfática manual é uma técnica que é realizada com as mãos através de movimentos suaves, lentos e repetitivos que favorecem a circulação da linfa, melhorando, assim, quadros edematosos, inflamações e retenções de líquidos orgânicos.


O sistema linfático trabalha em estreita colaboração com o sistema imunológico, razão pela qual a drenagem linfática manual geralmente melhora o estado de saúde e desempenha um papel muito benéfico no sistema nervoso, além de tratar especificamente diferentes condições. Portanto, a drenagem linfática manual é outra maneira de fortalecer o sistema imunológico. Há uma grande falta de conhecimento sobre o papel do sistema linfático no organismo e sua relação com o sistema imunológico, embora sua existência seja conhecida desde a antiguidade. Hipócrates ou Aristóteles já sabiam que havia certos canais dentro do organismo que continham uma "substância branca leitosa".

Como nasceu a Drenagem Linfática Manual?


A técnica de MLD nasceu há pouco mais de cem anos atrás pelo casamento dinamarquesa Estrid Vodder (naturopata) e Emil Vodder (fisioterapeuta) que, durante anos, mostrou-se como seus pacientes melhoraram sua saúde, fazendo algo que até então ninguém tinha se atrevido a fazer, manipular os gânglios linfáticos.


Ao trabalhar em um spa na costa mediterrânea francesa, esse casal observou que os pacientes afetados por diferentes doenças apresentavam inflamações nos gânglios linfáticos do pescoço. Eles perceberam então que, ao fazer manipulações cuidadosas nos gânglios linfáticos, eles reduziram seu tamanho e os pacientes melhoraram seu estado de saúde. Este casal provou ser muito ousado, como naquela época, pensava-se que o tratamento foi glândulas ruins e inchados, embora na verdade, é em inflamações agudas, é altamente benéfico em condições crônicas.


Os Vodders começaram a difundir sua técnica e conhecimento em prestigiosos congressos médicos, de modo que ao longo dos anos ganharam grande fama entre a comunidade médica. Em 1940, fundaram a primeira escola e clínica em Copenhague.


O que é a linfa e como funciona o sistema linfático?



Presta atenção! Porque o nosso corpo é extraordinária: o sistema linfático é um sistema de condutos que se desenvolvem paralelamente ao sistema circulatório de modo, só que em vez do transportador de sangue, linfa transporta, um líquido esbranquiçado capaz de mobilizar moléculas muito grandes, tais como proteínas.


O papel da linfa é transportar o excesso de líquido, que contém substâncias residuais, para o sistema circulatório, para o sangue, para que o corpo possa se livrar desses resíduos. O edema ou retenções ocorrem quando o sistema linfático não é capaz de purificar essas áreas, isto é, quando líquidos e substâncias estagnam.


Sistema linfático e sistema imunológico


O fato de o sistema linfático e o sistema imunológico estarem tão intimamente relacionados é devido à existência de linfonodos. Os gânglios linfáticos são uma espécie de estações de depuração que aparecem ao longo de toda a rota do sistema linfático e sua missão é purgar os patógenos, combatê-los e neutralizar os danos.



Quando o sistema linfático está congestionado, os gânglios linfáticos não conseguem realizar seu trabalho corretamente e o fato de os linfonodos estarem inflamados é um sinal de que algo anormal acontece dentro de nós.



35 visualizações0 comentário